terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Das Beste

Anos atrás, quando li esta letra, achei interessante e dediquei a alguém. 
Mas como diz o ditado, Deus escreve certo, por linhas tortas e a vida continua. E foi uma música que não queria ouvir nem morto por um tempo.
Hoje, é apenas uma linda música e estou procurando a partitura para tocar no piano (se alguém achar, agradeço se me passar). Engraçado isso, como o mundo dá volta. Não é porque algo foi ruim, que tudo o que envolve também é. E resolvi comprar o CD desta banda. Mas quem disse que achava no Brasil???

Lembro da maratona que foi, quando fui para a Alemanha, indo de loja em loja. E quem disse que eu achava o CD com esta música??? Claro que comprei outros CDs muito bons desta banda e de outras. Mas nenhum com a música que eu queria. É a vida, não era para comprar o CD.
Em outro ano, em outro país, por acaso, o que eu vejo??? Relançaram o CD??? Claro que comprei sem pensar duas vezes. 
Segue ela embaixo. 

Se ficou curioso com a letra, continue lendo que coloquei a versão em alemão e a versão traduzida.

domingo, 21 de dezembro de 2014

A lista Vermelha


Para quem já ouviu falar ou leu, ou mesmo jogou o RPG Vampiro: à Máscara, já deve ter alguma idéia do tema.

Anos atrás, quando comecei a jogar RPG, fui na loja da DEVIR Livraria (na época era a editora que estava lançando os primeiros grandes sucessos de RPG). E tive a oportunidade de ter em mãos este livro raro. Tão raro que eu nunca tinha ouvido falar e não fazia idéia do que se tratava a ter anos depois ler uma matéria na antiga revista de RPG Dragão Brasil. 

Anos depois (no caso, este ano de 2014), tive a oportunidade de consegui a versão em pdf. The Kindred most Wanted


terça-feira, 25 de novembro de 2014

Mamãe, Papai Noel existe?



Uso a palavra para compor meus silêncios.
Não gosto das palavras fatigadas de informar.
Dou mais respeito às que vivem de barriga no chão
tipo água pedra sapo.
Entendo bem o sotaque das águas.
Dou respeito às coisas desimportantes e aos seres desimportantes.
Prezo insetos mais que aviões.
Prezo a velocidade das tartarugas mais que a dos mísseis.
Tenho em mim um atraso de nascença.
Eu fui aparelhado para gostar de passarinhos...
 (Manoel de Barros (19/12/1916 – 13/11/2014)

domingo, 16 de novembro de 2014

Drácula - A História Nunca Contada "Filme"

Para um fã do RPG Vampiro: à Máscara, filmes sobre vampiro são 8 ou 80. Ou muito bom ou muito ruim. Confesso que os filmes daquelas fadas purpurinadas que se acham vampiros... só li os livros, não tive estômago para ver os filmes.
Mas Drácula sempre foi algo clássico. Tradicional, com um tipo de horror que marcou o que é um vampiro (que aliás, peguei com minha amiga Aline o livro clássico para ler). 



Mas voltamos a falar do filme. O filme não fala apenas de um vampiro, mas sobre a história vivida pela príncipe do Reino da Valáquia, Vlad Tepes, ou mais conhecido como Vlad, o Empalador (considerado um herói romeno e um monstro pelas atrocidades cometidas por outros povos). De súdito do império turco, procurou proteger seu reino e assim impedir o avanço do mundo muçulmano pelo continente europeu. 
Referências em Wikipédia: Vlad

--------------- ALERTA DE SPOILER ----------------

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Eldritch Horror

Um jogo que de imediato, não botava fé, mas quando vi a demonstração e que era baseado nos contos de H.P.Lovecraft (para quem não conhece, ele foi o escritor, cujos contos revolucionou o gênero dos contos de terror). Sim ele foi o criador do mais temido e conhecido deus-monstro de todos os tempos (citado em diversas obras de terror e comédia) Cthullu. De livros de terror, filmes, bandas e até comédias (South Park que o diga).

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Inventário

Desde o falecimento da minha mãe, tenho corrido atrás de muitas coisas para resolver. Mas como nunca inventário é fácil (e no meu caso, teve um erro no atestado de óbito, agora que está mais enrolado do que nunca).
Mas leis, são leis e o jeito é esperar até que seja concluído. Mas como no começo apanhei muito para conseguir dá andamento e correr atrás das pendências, vi algo muito interessante que resolvi compartilhar com quem futuramente precise resolver problemas de inventário. 
Os herdeiros jamais possuem obrigação de pagar, eles próprios, as dívidas do de cujus (pessoa falecida). É o patrimônio (conjunto de bens, crédito e dinheiro) da pessoa falecida que será responsável pelo pagamento das dívidas, não importando que seja suficiente ou não.
Pode não ser muita coisa, mas considero que seja algo extremamente útil. 

Fonte original em: Site JusBrasil.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Armas SteamPunk


Steampunk é um subgênero da ficção científica, ou ficção especulativa, que ganhou fama no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. Trata-se de obras ambientadas no passado, no qual os paradigmas tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na História real (ou em um universo com características similares), mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época - como, por exemplo, computadores de madeira e aviões movidos a vapor. É um estilo normalmente associado ao futurista cyberpunk e, assim como este, tem uma base de fãs semelhante, mas distinta.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Alemanha x Brasil... goleada de memes

Quase dois meses depois, do histórico jogo entre Alemanha e Brasil (7 x 1), houve muitos memes e piadas a respeito.
Não sou fã de futebol e só vi o jogo a partir do terceiro gol da Alemanha (quando ouvi meus vizinhos chorando e fui ligar a TV para ver o que estava acontecendo). E claro acompanhando facebook e twitter com diversas piadas e bom humor sobre o massacre ocorrido.







Entre outros memes e piadas bem humoradas (e muitas risadas), há duas tristes realidades. 
  • A primeira que a seleção brasileira, joga cada um por si e não como time, por isso ao pegar uma seleção que joga como em equipe, levou esta surra. E posso dizer que eles pegaram leve no segundo tempo... se fosse a Argentina, eles não iriam nem querer descansar para dá uma surra maior. Seria o maior pesadelo para muitos brasileiros, perder a final da Copa novamente no Maracanã e justamente para seu rival histórico de goleada (seria a maior festa Argentina);
  • A segunda é a falta de patriotismo que há no Brasil, quando não tem Copa do Mundo. Foi só a seleção perder que mais da metade das bandeiras do Brasil sumiram de vista. Se antes era possível ver nas janelas, carros e roupas, pós o jogo, ninguém queria se identificado como brasileiro. Confesso que só tenho a bandeira na minha mala, que uso para identificar a origem em viagens ao exterior. Mas é triste ver o quanto o brasileiro não sente orgulho do seu país e de sua bandeira. Não quero o fanatismo que há como com os norte-americanos, mas um pouco de orgulho seria bem vindo, ainda mais que logo teremos os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro (mesmo assim não teremos nem 1/4 das bandeiras ou torcedores brasileiros que vemos durante a Copa).

Bem... agora esperar a próxima Copa na Rússia.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Atualizando minha lista - ASTERIX

Quem me conhece, sabe que sou fã de Asterix (e um dos principais motivos que penso em ir para a França é ir no Parque Asterix). Mas como não é um quadrinho muito conhecido, nem sempre acho alguns volumes (mesmo procurando em sebos). E sei que algumas edições só por encomenda. Mas pretendo aproveitar a Bienal do Livro e quem sabe completar um pouquinho mais a minha coleção :D

Nesta capa, falta Asterix e os Pictos, que foi o último lançamento. 


quinta-feira, 7 de agosto de 2014

CARTAS SELVAGENS - WILD CARDS

Quem está lendo atualmente as crônicas de gelo e fogo (ou acompanhando a série), devem estar meio em choque ao perceber que não existe um protagonista em si e qualquer um pode morrer se for importante para a história. 
Devem pensar que o autor, George R.R. Martin é cruel e criou uma obra única. Mas para quem já conhece outra obra dele, da década de 80 (o primeiro volume foi lançado em 1987, contando atualmente com 22 volumes, sendo só os 3 primeiros lançados até o momento no Brasil), perceberá que seu estilo de que a história é mais importante que os personagens é muito presente e sim, em Wild Cards terá mortes memoráveis e que farão muita gente chorar (só não menciono aqui para não soltar spoilers).
Wild Cards é uma coletânea editada por nosso famoso e querido escritor George, mas não é obra só dele. Diversos personagens, foram criados por outros escritores amigo dele e suas histórias foram trabalhadas de tal forma que sua interação é mútua. O que acontece com um personagem, pode afetar outros. E sempre mudando o foco para outros pontos de vistas (como disse, sem protagonista, como o que ocorre nas crônicas de gelo e fogo).

Na capa das edições brasileiras, Golden Boy, Tartaruga e Fortunato.

Quando conheci este cenário, eu jogava um RPG chamado GURPS Supers, RPG em que você interpreta um super herói (ou vilão). E foi apresentando uma adaptação sobre esta série de livros Wild Cards (ou Cartas Selvagens). Claro que em 1994, eu não fazia idéia do que era internet ou compras online (o Brasil tinha acabado de deixar uma hiper inflação e adotado o Real como moeda, fazia poucos anos que tinha acabado a ditadura e tudo era novo, cheio de mudanças).
Bem, como nunca imaginei que uma dia iria ler esta obra e joguei muitas aventuras neste cenário e com fichas de quase todos os personagens que aparece em Wild Cards (muitas com ilustrações). Mas uma coisa é você ler na ficha que o personagem é assim. Outra é você ler um livro e ver como que realmente age o personagem em questão. 
Por isso, quando vi na livraria o lançamento, eu nem me liguei quem era o autor, já me interessei só por ser algo que marcou alguns anos de RPG (e que anos divertidos). É divertido você ler e já relembrar da ilustração feita para cada personagem. Mas nem tudo é alegria, já que também sei muita coisa que vai acontecer (já sabia quem morria, só não sabia como) e outros detalhes. A vantagem que eu só sei o que vai acontecer até o 13° volume. Depois disso, para mim, tudo será novidade.

Ilustração do GURPS Supers, com alguns personagens (alguns são fáceis de reconhecer). Será que quem leu, também reconhece?

Bem, agora esperar o próximo volume a ser lançado. 

sábado, 2 de agosto de 2014

Meu aniversário, tradições e promessas.

Bem, quem me conhece, sabe que sou um palhaço que adorar zoar, principalmente em aniversários!!! Para os amigos mais do que especiais, faço questão de ligar (isso quando não gravo vídeos cantando parabéns e outras coisas). E meu aniversário não podia ser diferente. Era sempre uma festa em algum lugar (geralmente pizzaria). 
Tenho até a tradição com meu compadre Cristian dele sempre posar segurando os presentes dos outros, como se tivesse dando o presente para mim (cara de pau e amigão). 

Mas como em 2011, tive uma fatalidade em família, no dia do meu aniversário (22 de junho), foi a última vez que falei com minha falecida mãe antes dela entrar em coma. Após seu falecimento, não estava animado para comemorar o meu aniversário (ela morreu dois dias depois e na semana seguinte era o aniversário dela) resolvi fazer uma promessa de que não comemoraria o meu aniversário no dia, por 7 anos. Ou seja, só em 2019 devo voltar a fazer uma festa. Com direito a edições da festa nos fds seguintes no Rio de Janeiro e no Sul (vamos ver que cidade, mas acho que Joinville, que assim dá para ir o pessoa do Vale do Itajai, Florianópolis e Curitiba).

Se isso é bobagem ou que minha mãe não ia querer. Isso não importa no momento, é uma decisão minha. Parabéns são sempre bem vindos (presentes também). Mas é durante estes dias (22 a 24 de junho) que pego para refletir e analisar tudo o que fiz de um ano para o outro. Minhas conquistas, fracassos, objetivos e metas. E evito ser incomodado.
Um período que pego só para mim.
Ok que normalmente eu marco de fazer algo com amigos, para me distrair também, acabo viajando, fotografando muito e curtindo o dia (isso me lembra que a Kefhane e a Ingrid vão querer minha cabeça em uma bandeja, quando lerem que passaram o dia do meu aniversário passeando comigo, sem saber que era meu aniversário). 

Por isso, durante esta data, eu pego dia de licença no trabalho, férias, vou doar sangue e esquecem o celular ou face, que dificilmente me encontram ou eu atendo. No geral ligo para as pessoas que com certeza vão ligar. Isso inclui alguns parentes, (pai, primos), meu irmão gêmeo And (nascemos no mesmo dia, mês e ano, só cidades diferentes e temos gostos em comuns... mas eu nasci na hora do almoço, ele na do jantar) e amigos que mantêm uma lista de aniversário (não é Aline Maas e Jô). 
Mas como é inevitável, de vez em quando a data escapa e recebo muitos parabéns (mesmo eu respondendo dias depois). Então resolvi fazer uma postagem de agradecimento geral e já aviso, festa ainda vai demorar e não esperem me acharem nos próximos anos nesta data. ;)
Bem, passado mais de um mês, não tenho todas as mensagens, SMS e outros parabéns salvos (peguei o resumo do face) e algumas fotos dos presentes que recebi e vídeo. Então desculpe se alguém deu parabéns e não consegui achar no note.

Lista de parabéns que recebi no facebook

video
Vídeo da Anita e Froukje

Presente da Dani e da Aline

Mensagens que recebi depois, foram da Nyanko, da Mei-chan, do Haya e da Nani (que o Jô me entregou na cara dura) e Jonathan (que viu os parabéns em meu face) e sua esposa (esqueci o nome dela).

Engraçado que quando a mãe era viva, ela também vivia fugindo de parabéns. E eu adorava dá festa surpresa. Nada impede de fazerem festa surpresa para mim, uma semana depois.

Obrigado a todos (mesmo os que não mandaram nada, mas ficaram com vontade ou que sabem que não quero ser incomodado). 

P.S.: Se por acaso eu briguei com você, se você é um desafeto meu e não nos damos bem o ano inteiro, não é agora que vou ter coração mole. Então não me incomode, porque já apaguei declaração de feliz aniversário de gente que não me dou bem (e ainda não entendo porque a pessoa insiste) e já joguei presente e cartas de parabéns no lixo (já virou tradição, voltar de viagem e encontrar presente que vizinhos receberam... é o tempo de ler o remetente, ver que não é um amigo, abrir o cesto de lixo e jogar fora com tudo dentro). Quem me conhece, sabe que eu fiz, faço e vou continuar fazendo isso sempre. Pessoal pensando que podem me comprar com chocolate, presente e não sei mais o quê. 

terça-feira, 8 de julho de 2014

Porque torcer para um time que não seja a seleção brasileira.


Este texto, foi publicado no facebook da escritora Dana Guedes
Livros de Dana Guedes

E concordo com o texto dela. 

Gente, JURO pra vocês, a timeline do Facebook é MUITO chata com futebol e política, especialmente com os dois JUNTOS! É tanta gente reclamona que eu não sei, viu? Sei que eu tô vindo aqui "reclamar", mas é mais um LEAVE BRITNEY ALONE, hahahahaha.
Kct, tô vendo zilhões de pessoas reclamando de quem vai torcer pra Alemanha no jogo de hoje, falando como se fosse o maior absurdo da face da Terra porque somos brasileiros. TÁ BOM, gente, nós somos brasileiros, eu vou torcer pelo Brasil TAMBÉM, mas se tem gente que quer torcer pra outro país, QUAL O PROBLEMA?
Assim, é CLARO que é chato aquelas pessoas que torcem pro "inimigo" só pelo LOL, porque é político de FB e "quer mais é que o Brasil se foda".
Porra, mas também tem gente que ACOMPANHA futebol mundial e tem RESPEITO por outros times que não sejam o Corinthians, o Flamengo e o Palmeiras, sabe? Tem gente que torce pro Real Madrid, pro Dortmund, pro Chelsea, pro Bayern... é um ESPORTE, certo? A gente torce pelo time/atleta que gosta mais e que acha que joga melhor. Por que na Copa do Mundo seria diferente? E por que diabos, na Copa do Mundo, TODOS OS BRASILEIROS SÃO OBRIGADOS a torcer pelo Brasil? E se o torcedor NÃO gosta dos jogadores? Não gosta do estilo? Não concorda com o técnico? Que saco isso, gente.
No Fifa Fan Fest eu vi gringos cujos países já voltaram pra casa e abraçaram OUTRAS SELEÇÕES, sabe? Vi inglês com a camisa do Brasil, japonês com a camisa da Alemanha, Francês com a bandeira da Colômbia, então dá um tempo! Não é ALL ABOUT nacionalismo o tempo inteiro, é um esporte e torcer pro time que te dá vontade de torcer, que te deixa feliz e com vontade de gritar.
Hoje eu vou torcer pra ALEMANHA E PRO BRASIL. Vou ficar feliz por quem ganhar, triste por quem perder, dividida o tempo inteiro, mas ao mesmo tempo feliz porque QUEM GANHAR, MERECEU e vai ter minha torcida na Final, sacou? Conheço a maioria dos jogadores da Alemanha porque acompanho o Bayern em toda Champions League, e ADORO a maioria dos jogadores da seleção brasileira porque eles são ninos e estão sonhando muito com a vitória.
ENTÃO LEAVE BRITNEY ALONE, torçam pra quem vcs quiserem e PAREM DE EXCLUIR os amiguinhos que estão "torcendo pro time oposto", que coisa de criança!

Ela está de parabéns pelo texto.

sábado, 5 de julho de 2014

Fanatismo no Brasil

Dizem que o Brasil é uma nação de braços abertos que recebe a todos, como sugere a imagem do cristo redentor no Rio de Janeiro. 
Mas não é bem assim. O país tem muitos problemas e só piora com o fanatismos de alguns grupos que não aceitam opinião contrária e nem respeitam os outros.


  • Podemos começar citando o fanatismo mais conhecido. O Religioso;

Vira e mexe, coloco texto budista, islâmico, cristão ou mesmo de mitologia viking entre outras, que achei interessante. Mas basta colocar algo de origem africana, já vem alguns criticando. Detalhe que nunca vejo critica dos outros textos. 
Já tive oportunidade de conviver com umbandistas, protestantes, evangélicos, budistas e católicos. Estudei com judeus e trabalhei com muçulmanos. Só tive problemas quando tinha alguém um pouco mais extasiado e fanático que não aceita e nem respeita a religião dos outros. O que no Brasil o grupo mais fanático é dos evangélicos (não todos, tenho bons amigos no meio). Mas quando vejo notícias de obrigarem índios a irem a igreja, vandalizarem igrejas cristãs ou terrenos de culto africano, normalmente são evangélicos que esquecem que se querem respeito, devem aprender a respeitar. Ou quando tentam fazer por meio de leis, que todos sigam seus ideais religiosos.
Religião é como remédio. Um remédio pode ser bom para você, mas eu não preciso do mesmo remédio para me sentir bem. 
  • O segundo fanatismo comum é o político; 

Basta falar mal de um ou outro partido, ou um ou outro candidato, já sai briga quando não morte. As mais comuns retratadas pela mídia é a ala radical petista. Vala mal do PT perto de um petista roxo, para ver a briga que vira.
Quem me conhece, sabe que não gosto do PT, mas respeito e fico zuando meus amigos petista. E reconheço quando fazem um bom governo. O começo do governo Dilma, dei os parabéns por suas iniciativas e atitudes. Mas no momento precisa mudar de governo, pois economicamente o país está parado. Acredito que se o Senador Suplicy fosse candidato, seria um presidente melhor (até hoje é o único petista que eu sempre voto). Outros partidos, deixam a desejar, bem como candidatos.  
Mas cada um faz sua escolha (boas ou más) e respeitamos (afinal estamos em uma democracia).
  • O terceiro fanatismo, podemos dizer que é o do futebol. 
Como dizem é religião de muitos brasileiros, resultando em morte quando você está usando a camisa do time adversário. E em época de COPA do mundo, você ver algo raro, muita gente tendo orgulho de ser brasileiro, com direito a bandeira e tudo o que lembre o país. Fora desta época, é raro ver nossa bandeira nas janelas, mesmo quando ocorre campeonatos de outros esportes. E você é chamado de traidor e com risco de linchamento pelo simples fato de usar a camisa de outra seleção (principalmente se for Argentina, rival histórico).  Dá vontade de trabalhar como espião para um país inimigo, vendendo segredos militares e usando a camisa do Brasil, nunca vou ser chamado de traidor.
E vendo pelo facebook, o que alguns amigos tem postado, pós jogo do Brasil, em que um jogador brasileiro saiu machucado, desejarem a morte do jogador colombiano. Me pergunto se a pessoa já matou alguma vez em nome do futebol. Será que ela gostaria de ver um amigo, parente ou mesmo ter a vida dela ceifada pelo mesmo motivo?
É triste o que aconteceu com o jogador brasileiro. Acidentes acontecem em todos os esportes. Se foi mal intencionado, o jogador colombiano será punido, mas espero que ele continue vivo e jogando. Afinal, ele também tem família. Quanto ao jogador brasileiro a previsão é que se recupere nos próximos meses e volte a jogar.
Já clássica frase olímpica do o Barão de Coubertin, fica de lado perto dos fanáticos.
Não importa ganhar, o importante é competir.
São estas coisas que vejo, que fico pensando, onde está o respeito pela escolha dos outros e que o Brasil tem muito o que melhorar antes de virar uma grande potência mundial. 

terça-feira, 1 de julho de 2014

Equipe Cocket


Preparem-se para a Coca!
Coca-cola em dobro!
Para proteger o mundo da Pepsi!
Para unir as pessoas de nossa nação!
Para denunciar os males do suco natural!
Para estender o nosso valor de mercado às estrelas!
Jesse!
James!
equipe Cocket decolando na velocidade da luz!
Renda-se agora ou preparem-se
Para Vender!

UHEEAHUEHUEUEHAEUHEAUHEA Cokémon!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Desafio Literário

Algo que li no blog da Naty. E achei bem interessante este desafio literário. Sendo o texto original de Universo em Páginas.

Sei que já estou na metade do ano, mas acho que posso cumprir este desafio.
O Desafio Literário consiste em completar 12 objetivos lendo livros, no período de 1° de Janeiro à 31 de Dezembro de 2014, atendendo a solicitação que tem na listinha do Desafio.Em geral, seria 12 temas, mas vou ser legal e dar 24 rs, assim você pode escolher sem correr risco de deixar de cumprir algum. Vou lançar a listinha e abaixo dela algumas observações. LEIAM TUDO POR FAVOR!!!!
LEIA:
1. Um livro com mais de 500 páginas

2. Um livro pertencente a uma trilogia

3. Um livro da Literatura Brasileira (Deuses de Dois Mundos: O livro da traição)

4. Um livro com adaptação para filme

5. Um livro com adaptação para série (por dentro da Série da HBO: GAME OF THRONES) Obs.: eu sei que não é o livro que foi adaptado, mas um livro feito de entrevistas e curiosidades sobre a série, baseada nas Crônicas de Gelo e Fogo. Mas gostei tanto do livro que não pude deixar de citar.
6. Um livro citado em outro livro (Kindred Most Wanted) conhecido também como a lista vermelha

7. Um livro escrito por mais de um escritor (Wild Cards III)

8. Um livro com ilustração (Star Wars: Livro dos Sith)

9. Um livro que faz parte de uma coleção (O resgate do Tigre)

10. Um livro escrito por uma mulher (A viagem do tigre)

11. Um livro escrito na 1° pessoa

12. Um livro que originou um jogo

13. Um livro em que um dos personagens tenha seu nome

14. Um livro que tenha sido emprestado (A maldição do Tigre)

15. Um livro que tenha adaptação para cinema esse ano (A Culpa é das Estrelas)

16. Um livro que já leu

17. Um livro em que o autor tenha a mesma inicial do seu nome

18. Um livro infantil

19. Um livro de romance (O Teorema Katherine)

20. Um livro que não tenha uma história (Cozinha Básica para Leigos)

21. Um livro narrado em 3° pessoa

22. Um livro que você não goste da capa

23. Um livro que na capa tenha comentários de outros autores

24. Um livro em um dia (O Código Bro)

OBSERVAÇÕES:
* Um livro pode cumprir mais de um objetivo, mas seria interessante que lêssemos pelo menos 12 livros;
* Claro que pode ser cumprido mais de 12 itens né gente;
* Os itens que eu cumprir vou acrescentar um asterístico durante o ano;
* Sobre o item 13: Vale ser apelido também;
* Sobre os itens 14 e 16: Seja honesto;
* Sobre o item 20: Qualquer livro que não tenha uma história, que seja por exemplo de dicas, ou algo que ensine a fazer algo. Entendem né?;
* Sobre o item 22: Explicar o porque;
* Sobre o item 24: Um livro que você só leve um dia pra ler.
E preciso pegar um tempo para colocar minha leitura em dia e terminar os livros que faltam (tem uns 3 que terminando já preenche mais alguns destes requisitos).

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Caricaturas de alguns dos meus cosplays

Quem me conhece, sabe que eu sou cosplay (pessoas que fazem, interpretam ou apenas posam com roupas de seus personagens favoritos, seja de animação, filme, game, quadrinhos, etc).
Até aí tranquilo. Mas algumas vezes, alguns dos meus cosplays favoritos serviram de base para caricaturas minhas feitas por amigos.
Este avatar, feito na época pelo meu amigo Jeffrey Duck, que usei durante o BBCB (uma versão online no antigo fórum CB, mas com postagens diárias e provas, como se fosse Big Brother CB). A gotinha amarela não lembro o motivo da cor. Mas gotinha era uma presilha em forma de gotinha (clássico em animes) que eu usava para dá um ar descontraído nas fotos. Quanto ao cosplay, é o 3° Hokage, do anime Naruto.
Bem, depois teve um desenho feito  pela minha amiga Rachel (Nyanko) do meu cosplay King Bradley do anime Full Metal Alchemist. Novamente com a gotinha e o Mokona (quem me conhece sabe que sou fã de CLAMP e Mokona é uma grande marca delas). E na época do fórum Aniventure, eu cuidava da parte de entrevista dos membros e claro, sempre usava mokonas no meio.


Este último, feito pela minha amiga Ruki, foi da gincana que participamos no Aniventure e nosso uniforme era uma versão mais simplificada de kigurumi (e um tipo de pijama com formato de animais). Mas usamos só uma jaqueta com capuz e alguns traços de animais. Mas claro que não podiamos deixar de ter nossos avatares e assinatura no fórum.


Preciso uma hora encomendar novas caricaturas minhas e de outros cosplays, como a do mago clow.

domingo, 15 de junho de 2014

Pequenos detalhes, grandes fotos

Desde que comecei a tratar e editar fotos, consegui fazer algumas coisas interessantes.


Ah pouco tempo, uma equipe do trabalho, queria fazer uma homenagem a sua supervisora (loira no canto esquerdo da foto). Mas na hora da foto, ela não estava. Com um pouco de edição (e tenho que aprender muito ainda), fiz esta montagem (tenho que aprender a arrumar a iluminação) e foi entregue um quadro com esta foto. 

A cara de felicidade da supervisora pela homenagem, valeu o esforço. 

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Confiança

Dizem que confiança é como cristal. Uma vez que se quebra, não existe mais volta.
Ah uns dois meses, um amigo contou o que um outro amigo em comum fez de sacanagem com ele e mostrou um exemplo claro de confiança que se perde.

Esta pessoa falsa (um lixo de pessoa por assim dizer), morava na cidade de Campinas, cidade próxima de São Paulo (1 hora de estrada com trânsito bom no mínimo). E queria morar em São Paulo, procurar emprego e tudo mais. E um amigo em comum morava em Francisco Morato (cidade da região metropolitana de São Paulo, com linhas de trens ligando outras cidades). Tinha comprado um apartamento e já dividia com outro amigo. E disse que não teria problema, poderiam os três dividirem o apartamento. Afinal, amigos se ajudam, ainda mais quando passam a morar juntos, é confiança.
O lixo em questão além de não aceitar opinião dos outros, sugestões e achar ruim quando alguém falava algo que ele não estava disposto a ouvir, resolveu procurar outro lugar para morar. Até aí não tem nenhum problema. Pode-se ter qualquer motivo para sair, se mudar, achou lugar melhor. Os amigos se ajudam e claro que todos ajudariam com a mudança.
Só que ele esperou o amigo que o convidou a morar junto, viajar, para fazer a mudança e mandou uma mensagem dizendo que estava indo. Não era nem homem o bastante para falar pessoalmente. Nem avisou nem nada. O que fez este amigo, ter que apertar o cinto já que ia ter uma pessoa a menos para ajudar a pagar as contas e atrasar o plano de tirar carteira de motorista e ter que se preocupar com outros problemas (e isso durante sua viagem).
Não se muda assim do nada. Até arranjar lugar para morar e organizar o dia da mudança, leva-se tempo. E ele agiu friamente com o único amigo que ofereceu dividir a moradia com ele (detalhe que o lixo em questão, só ia nos eventos dos outros amigos em comum, porque era levado pelo dono do apartamento e queria que ele fizesse parte do grupo e não porque foi convidado). 

Quando fiquei sabendo disso, meu, que nojo do lixo. E eu ainda dei revista de fotografia e indiquei cursos para ele fazer, tentando ajuda-lo a ser um fotógrafo melhor. Para nosso grupo de amigos em comum, ele passou a ser persona non grata. 

P.S.: Eu mesmo já fiz muitas coisas erradas e pedir confiança de algumas pessoas (algumas até sinto falta). Mas aprendi a lição.

P.S.2: Quanto a quem é o lixo, fica só a dica que ele usa como nick o nome de um personagem das obras da CLAMP.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Com o diploma nas mãos

Agora é oficial… finalmente peguei o meu diploma.


Já tinha comentado anteriormente quando me formei.


Mas agora sim, peguei o diploma bonitinho. 
Dedico este diploma a quem sempre me incentivou e me deu a minha primeira câmera.

Minha falecida e querida mãe.

sábado, 31 de maio de 2014

Piada de Temperatura pelos estados brasileiros

 30ºC ou mais
- Baianos vão a praia, dançam, cantam e comem acarajé. 
- Cariocas vão a praia e jogam futevolei. 
- Mineiros comem um "queijin" na sombra. 
- Todos os paulistas vão para Praia Grande e enfrentam 2 horas de fila nas padarias e supermercados da região. 
- Gaúchos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.

25ºC
- Baianos não deixam os filhos sairem ao vento após as 17 horas. 
- Cariocas vão à praia mas não entram na água. 
- Mineiros comem um feijão tropeiro. 
- Paulistas fazem churrasco nas suas casas do litoral, poucos ainda entram na água. 
- Gaúchos reclamam do calor e não fazem esforço devido esgotamento físico.

20ºC
- Baianos mudam os chuveiros para a posição "Inverno" e ligam o ar quente das casas e veículos. 
- Cariocas vestem um moletom. 
- Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha. 
- Paulistas decidem deixar o litoral, começa o trânsito de volta para casa. 
- Gaúchos tomam sol no parque.

15ºC
- Baianos tremem incontrolavelmente de frio. 
- Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo. 
- Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha. 
- Paulistas ainda estão presos nos congestionamentos na volta do litoral. 
- Gaúchos dirigem com os vidros abaixados.
10ºC
 - Decretado estado de calamidade na Bahia. 
- Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas. 
- Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão. 
- Paulistas fazem fila, lotando pizzarias e shopping centers com a família. 
- Gaúchos botam uma camisa de manga comprida.
5ºC
- Bahia entra no armagedon. 
- O prefeito lança a candidatura do Rio para as olimpíadas de inverno. 
- Mineiros continuam bebendo pinga e quentão ao lado do fogão a lenha. 
- Paulistas fazem fila indo para Campos do Jordão, para aproveitar o frio. 
- Gaúchos fecham as janelas de casa.

0ºC
- Não existe mais vida na Bahia. Nem animal, nem vegetal. 
- No Rio, o povo veste 7 casacos e lança o "ski-ladeira in Rio". 
- Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha. 
- Paulistas não saem de casa e dão altos índices de audiência a Gilberto Barros, Gugu Liberato, Luciana Gimenes e Silvio Santos. 
- Gaúchos aproveitam o friozinho gostoso para tomar um bom vinho e se achegar na prenda.

sábado, 17 de maio de 2014

Brincando com foto (e com a barba)

Considerando que alguns anos atrás eu odiava ficar editando fotos, hoje em dia virou uma pequena terapia. Mas algo que ainda apanho, é tirar uma foto boa minha.

Antes que alguém fale, o modelo da foto, permitiu esta zoeira :P

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Uchiha Itachi

Faz tempo que não falo sobre animes, RPGs e outras coisas. 
E recentemente aproveitei um tempo para ver quase tudo que perdi (e olha que foi muita coisa). E Naruto sempre foi um dos meus animes favoritos. Mas cada revelação e acontecimento que vi esta semana, principalmente com referência ao Itachi. UAU. 

"As pessoas vivem suas vidas ligadas pelo que elas aceitam como correto e verdadeiro. É assim que elas definem "realidade". Mas o que significa ser "correto" ou "verdadeiro"? Meramente conceitos vagos... a sua "realidade" tudo pode ser uma miragem. Podemos considerá-los simplesmente estar vivendo em seu próprio mundo, moldado por suas crenças?"

Só não falo mais sobre o que teve, para não ser spoiler, mas que ele é um dos melhores personagens em Naruto, é fato.

domingo, 11 de maio de 2014

Edição de Foto… pequenos detalhes, grandes mudanças

Nunca fui fã de edição de fotografia.
Mas desde que fiz curso, é difícil fotografar algo e não tratar ela um pouco, nem que seja apenas para colocar sua assinatura. Segue uma pequena edição de imagem que fiz.
Foto depois de tratada

Foto original antes de ser tratada

Realmente o mundo dá voltas. Mas aprendi muitas coisas. E sei que há muito mais coisas para eu aprender e tratar bem as fotos.
Mas aprendendo cada novo truque aos poucos.

Posso até atrasar um pouco a entrega de algumas fotos, mas confesso que estou me divertindo em tratar cada foto que tiro.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Dunk e Egg nas Crônicas de Gelo e Fogo

Quem me conhece, sabe que sou fã destas crônicas… mas as referências a um dos mais recentes livros, sobre um certo cavaleiro e seu escudeiro 80 anos antes, tem muitas referências que não pude deixar para trás. 

Sor Duncan, o Alto é registrado entre os maiores comandantes da Guarda Real, quando Jaime está refletindo em A Tormenta de Espadas (cap. 67). No mesmo capítulo, se menciona, nos registros dos feitos de Barristan Selmy, que ele derrotou Sor Duncan, o Alto, no torneio de inverno em Porto Real.
Do diagrama genealógico dos Targaryen, fornecido no apêndice de A Guerra dos Tronos, é mostrado que Egg se tornaria o Rei Aegon V, o Improvável, que governou de 233-259. Isso foi confirmado em A Fúria dos Reis onde se revela que o trono fora oferecido ao irmão de Egg, Meistre Aemon, que o recusou e sugeriu o nome de Egg para governar em seu lugar. Como rei, Egg queria que Aemon o ajudasse a governar, mas Aemon preferiu continuar sua função como Meistre e foi para a Muralha.
Em A Tormenta de Espadas, o Príncipe Oberyn Martell lembrou que "Na época dos Targaryen o homem que atacasse um membro da família real perderia o membro com que o atingiu, uma situação que faz parte do enredo de O Cavaleiro Andante".
Em O Festim dos Corvos, Brienne tem seu escudo pintado com armas que são iguais às de um escudo que ela lembra ter visto na sala de armas do pai. Também em O Festim dos Corvos, Brienne chega numa pousada cuja proprietária é uma garota cujo último nome é Heddle (possivelmente descendente de Black Tom Heddle que é morto por Dunk em O Cavaleiro Misterioso).
Também em O Festim dos Corvos, Meistre Aemon, em delírio, cita o nome de Egg várias vezes. Ali se revela que uma das filhas de Egg se casou com um filho da Casa Baratheon e se tornou a mãe de Lorde Steffon Baratheon e, portanto, a avó de Robert, Renly e Stannis Baratheon. No pacote "blu-ray" da primeira temporada da série da TV a cabo baseada em As Crônicas de Gelo e fogo, Robert Baratheon é apresentado afirmando que foi essa ascendência que lhe deu o direito de reivindicar o Trono de Ferro.
Em A Dança dos Dragões as lembranças de Sor Barristan Selmy revelam que os filhos de Egg escolheram suas esposas por amor ao invés de aceitar casamentos políticos. Egg permitiu a seus filhos seguirem o desejo de seu corações porque ele mesmo se casara por amor. Segundo Sor Barristan, isto levou a ressentimento e traição entre os demais lordes, conduzindo em última análise, à tragédia de Solarestival.

Adorei estas referências e dou os parabéns a George R.R. Martin pelo seu trabalho.

Fonte: Dunk e Egg

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Saudades

Esta imagem reflete muito alguns dos meus dias. De tempos que não voltam mais, lembranças queridas, brigas homéricas, decisões e momentos que passei com minha falecida mãe. 
Foi minha parceira de muitas decisões em minha vida, seja me dando apoio ou dando bronca e conselhos. Ainda hoje, mesmo fazendo quase 3 anos de seu falecimento, sinto sua falta. Principalmente quando resolvo mexer em suas coisas (e olha que tem caixas que ainda estão fechadas que nem olhei para ver o que que era). E sempre que mexo, bate a saudades de seu abraço e de sua voz.


sábado, 22 de março de 2014

Assinatura de fotografia

Eu sei, que assinatura é importante, mas nunca dei tanta atenção. Mas recentemente perguntei para diversos amigos meus (fotógrafos ou não) o que achavam que poderia ser minha assinatura .
Durante o curso de fotografia e estava adorando mexer no photoshop, fiz uma assinatura com minhas iniciais e brasões da minha família (Silva e Freitas). Mas um pouco grande e como disse um amigo meu, vai ficar ali no cantinho da foto, bem pequenininho, ninguém vai ver tantos detalhes. 



Parti da idéia de adotar um dos apelidos que sou conhecido. Ou os dois. Youkai pelo pessoal do meio otaku/cosplay e PH, abreviatura do meu nome (usado no meu trabalho).



Surgiu a idéia de fazer algo assim, usando kanji de youkai. Era interessante, até um amigo meu fotógrafo mostrar que detalhes iam continuar tão pequenos na assinatura que ninguém ia ver. Realmente dei total razão para ele.


Outra idéia era abandonar o apelido de Youkai e usar só o PH. Pareceu interessante quando lembre que a maioria das pessoas que eu fotografo, são do meio otaku/cosplay/geek/nerds em geral e muitos não conhecem Pedro Henrique… mas Youkai, com certeza sabem quem é (ok, que o nick que uso é Youkai Sanseru, mas ninguém lembra do Sanseru). 


No fim, escolhi esta assinatura (em versões branco e preto ambas mais transparentes). Mantive o Youkai e na palavra em inglês photo, tem o PH (minhas iniciais em maiúsculas). E um diafragma na letra do o do Youkai, só para dá um pequeno destaque, já que a fonte usada era mais fina.

Quanto ao brasão… estou reeditando, tirando o PH (e a divisão em Y de Youkai). Pretendo fazer um carimbo (e já vi lugar onde vende cera para selar cartas). E estampar uma caneca, camisa e quem sabe algo mais. Afinal… horas de photoshop tem que render alguma coisa né (e adorei o brasão). 

domingo, 9 de março de 2014

A TEORIA DO MERTHIOLATE!!!!


 
As crianças de hoje em dia, são muito hiperativas. Na minha infância, as crianças eram mais calmas. Sabe pq? Porque o Merthiolate ardia muito.
As crianças de vez em quando deixavam de fazer merda pensando no Merthiolate. O Merthiolate tinha uma função pedagógica.
O Merthiolate também tinha uma função psicológica. Porque aquele ardor dava a impressão de que os micróbios estavam sendo mortos. Você acreditava que de fato estava curando. Mércurio Cromo não ardia, então dava a sensação que curava menos. Quando o Merthiolate encostava na ferida, você sentia que ali tinha virado um grande campo de batalha. Você sentia o ardor da guerra. E quando o ardor passava é porque a gente tinha conseguido vencer o mal.
Além do fator pedagógico e psicológico, o Merthiolate também tinha um apelo maternal. Porque a única coisa capaz de amenizar o sofrimento do Merthiolate eram as micropartículas de saliva materna. Quando a mãe soprava na ferida, o sofrimento magicamente reduzia.
Além do fator pedagógico, psicológico e maternal, o Merthiolate também tinha uma função de geolocalização. Porque o ardor servia como sinalização se o Merhtiolate tinha sido de fato colocado no local correto. Se não ardesse, é porque não colocou direito. O Merthiolate era o GPS da ferida.
Além do fator pedagógico, psicológico, maternal e de geolocalização, o Merthiolate também teve um impacto na personalidade das pessoas. O ardor incrível do Merthiolate moldou a personalidade da geração de crianças dos anos 80. As crianças desde cedo se acostumaram a ser homem, engolir choro, aguentar dor..
Hoje em dia.... o Merthiolate não arde mais!
Por isso essa geração emo, tudo cheio de frescura, chora por qualquer coisa…"

Autor: Murilo Gun.


Adorei esta teoria

segunda-feira, 3 de março de 2014

Tatto, aparelho dentário e outras modinhas

De um tempo para cá, vir uma grande mudança no que conheço como modinha.

Antes as pessoas viam com maus olhos quem tinha tatuagem. Hoje, vejo fazerem tatuagem pelo corpo inteiro. Bom, ruim, é do gosto de cada um. Meus amigos que já tinham há anos, antes desta nova modinha, eu dou total apoio. Aos amigos que resolveram fazer agora, fico naquela… sei, só seguindo modinha. Eu mesmo sempre fui apaixonado por tribal e acho loucura quando alguém tatua o nome da namorada(o) e depois termina (e fica com uma tatuagem que lembra a ex).

O mesmo para aparelho dentário. No meu tempo, era vergonha e motivo de chacota na escola. Mas porque agora o pessoal tem orgulho e compra elástico no camelô para colocar no aparelho!!!!! Uma moda estranha e bizarra, porque aparelho dentário quem tem que mexer e colocar qualquer coisa é o dentista, um profissional. Mas vejo gente consultando camelô e outros vendedores ambulantes sem a menor noção de saúde!!! 

Nerds, algo que eu sou assumido, mas confesso que é espantoso como as pessoas hoje em dia se consideram nerds, apenas por ver um filme ou seriado. Virou moda ser nerd? É algo cult? Só porque você viu os dois últimos filmes de Star Trek já se consideram um fã (e nunca viu nada do que existia antes???). Em parte é bom que ajudou a divulgar e diminuir o preconceito e piadinhas… mas do tipo, como assim virou moda??? (confesso que quando eu era mais jovem, fui na modinha dos góticos).

Interessante como o tempo passa e os conceitos vão mudando. Só espero que pelo menos a dos aparelhos dentários, passe logo ou ao menos consultem um dentista.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Minha história com Fotografia



Agora sim, oficialmente me formei em fotografia. Dedicado a minha falecida mãe, que foi uma apaixonada por fotos e que me ensinou a usar as câmeras dela. Adora as caretas e poses que ela fazia (e as broncas quando perdia a paciência). Graças a ela tenho fotos da minha infância (da adolescência quase não tenho). E só voltei a mexer com fotos quando estagiei em uma construtora e precisava fazer relatório fotográfico da obra (Agradecimentos ao Eng. Luis Fernando França por ter me ensinado sobre noções técnicas). Após isso, fotografia para mim, passou a ser um hobby, dedicado a fotografar viagens, amigos e momentos especiais (ou mesmo bobo e que enchia a paciência dos amigos). Mas só após o falecimento de minha mãe e precisava ocupar a minha mente (e assim ficar livre dos anti-depressivos) que resolvi fazer algo mais sério sobre fotografia e comecei um curso de fotografia (que hoje chegou ao fim). Aprendi muito, briguei com muita gente e fiz boas amizades. E agora segui para um próximo sonho a ser realizado. E mais uma vez, agradeço a minha saudosa mãe pelas primeiras aulas de fotografia e pelas minhas primeiras câmeras (analógica e digital) 

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Correios e problemas

Sempre vejo amigos tendo problemas com compras no exterior e a demora que nosso correio leva para entregar (quando entrega).

Mas desta vez está sendo o contrário. Mandei dois presentes de Natal (confesso que mandei depois do Natal). Um foi entregue… o outro só hoje foi liberado pela Fiscalização Aduaneira (e coloquei ambos na mesma data). Realmente tenho minhas dúvidas de quais critérios que usam? Será o tamanho do pacote?



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Feliz Ano Novo!!!!


O Tempo (Carlos Drummond de Andrade) 


"Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante tudo vai ser diferente.
Para você, desejo o sonho realizado, o amor esperado, a esperança renovada.
Para você, desejo todas as cores desta vida todas as alegrias que puder sorrir, todas as músicas que puder emocionar.
Para você, neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família seja mais unida,
que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas... mas nada seria suficiente...
Então desejo apenas que você tenha muitos desejos, desejos grandes.
E que eles possam mover você a cada minuto ao rumo da sua felicidade."

FELIZ 2014!!