terça-feira, 3 de julho de 2012

2. Aniversário


A um ano, esta foi uma data complicada. Já que foi tudo muito rápido e em sequência. Passei o meu aniversário do lado dela no hospital. Logo em seguida estava fazendo seu funeral e sabia que viria o aniversário dela em poucos dias.
A dois, foi uma comemoração dupla de aniversário, já que fazíamos aniversários bem próximos e eu aprontei e fiz uma festa surpresa para ela. E ela achava que era só uma ida na pizzaria, com alguns amigos meus para comemorar o meu aniversário.
Foi divertido, marquei uma hora mais cedo com meus amigos e uma hora mais tarde foram chegando os amigos dela. Mas como temos muitos amigos em comum, demorou para ela se dá conta que tinha bem mais gente que era amigo dela. Acho que só percebeu quando viu parentes que ela nem via a anos lá também. 
Nada que a internet não permita para fazer certos contatos e trazer algumas pessoas.

Ela nunca gostou de comemorar o próprio aniversário (pelo menos não que eu lembre), nada de muita gente. E me prometeu que no ano seguinte eu não ia conseguir fazer outra festa surpresa. Por mais que eu não goste, ela sempre acertava o que falava e realmente não consegui fazer nada. Acho que nem em casa eu fiquei e peguei alguns dias de folga do serviço para esfriar a cabeça e colocar a mente em ordem e aceitar o seu falecimento. O tempo passa, mas a saudades fica. E espero que eu possa fazer ainda muita coisa para te deixar orgulhosa.

Feliz Aniversário Mãe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário