sexta-feira, 29 de outubro de 2010

erros

De vez em quando cometemos erros. Na verdade sempre cometemos. Ninguém é perfeito em si.
Mas com nossos erros, temos que reconhecer o q erramos e aprender com eles. Aprender para não comete-los de novo. E se der para correr atrás e corrigir isso, que seja.

Engraçado que nem sempre percebemos isso. Ou um pouco tarde. Mas agora estes últimos dias, estou correndo para corrigir estes meus erros. Ou quase, já que alguns são imperdoáveis.

Mas se tudo der certo e com fé, vamos em frente.


"com relação ao amor o coração dele é como o mac de 10 anos atrás" Honey&Clover
engraçado que briguei com ela e só depois fui ver esta mensagem e procurar saber o significado lendo o mangá...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Como achar um brasileiro em Santiago

Primeiro: Arrume uma camisa com algo do Brasil ou em portugues. No meu caso, fui com uma da oktoberfest (eu sei é em alemao... mas tinha escrito Blumenau-Brasil);




Segundo: Vá em um ponto turístico da cidade (é mais fácil achar outros turistas do Brasil... se vc for nos locais onde os turistas vao);






Terceiro: Segure um mapa, livro de turismo da cidade e uma camera (assim vc terá cara de turista, mas cuidado aonde vai, nao queremos que seja assaltado... entao tenha bom senso onde vc está antes de andar com uma camera na mao);



Quarto: Fale algo em portugues ou mostre claramente que vc está enrolando no portunhol (assim quem é do Brasil, nao terá mais dúvidas e vai saber com certeza que vc tb é turista);




Quinto: Comece a fazer amizade e veja os pontos turisticos que cada um já foi e o que tem para ver (pronto, agora sim vc já arranjou companhia para passear, fez novas amizades e recebe dica de lugares que vc nao conhecia).

Prontinho, no meu caso, fui na casa de Pablo Neruda e conheci uma turista de Manaus, que veio assitir o show de Bon Jovi e estava passeando pela cidade. Assim como conheci no funicular para o Cerro San Cristovan um casal de Recife e uma dupla de sul-africanas que sabiam espanhol e deu para conversar um pouco no portunhol.

Fica aqui as dicas.

P.S.: Licao mais importante... sempre sorria e tenha assunto para conversar. Se vc for e ficar com cara amarrada como algumas pessoas ficam (isso me lembra um cara de Blumenau), entao q q vc está fazendo em uma viagem de férias ??? Entao sorria, converse com quem vc encontrar, fale dos lugares que foi na cidade/campo/seja lá onde está fazendo turismo, olhe para a pessoa enquanto fala, preste atencao no que ela fala, faca perguntas e veja outros assuntos em comum.

P.S.2: Sim... falta acento em algumas palavras, cecidilha em outras e tio... estou em um teclado espanhol, ainda nao sei fazer este tipo de milagre com computador.


terça-feira, 5 de outubro de 2010

Férias

Sim, estou de férias e curtindo muito.
Fazer um breve resumo daqui, pq tem muita coisa para falar.



Achei que ia ficar lendo um livro ou dois enquanto esperava o próximo voo para Santiago. Mas descendo em Buenos Aires, fiz amizade com este grupo de cariocas. Sim... nao li nada... nao deixaram. Mas nos demos muitas risadas, pq ninguém fala espanhol. Cada cena engracada, para pedir comida, comprar pesos argentinos e a facada nos precos. Tinha coisa que era em pesos e outras em doláres... até descobrimo isso... tudo era caro (coca-cola!!! 6 doláres... que roubo).
Fora os rolos na imigracao... acharam que eu e a Monique eramos casados, pq estavamos usando o mesmo carrinho de mala.
HAHAHAHAHAHA

Bem, depois me separei deles e fui conhecer a neve com o Anthero e a noiva dele.
Eu me cansava muito rápido... o ar é muito rarefeito e qualquer esforco físico cansa. Mas muito divertido. E sim... precisei colocar uma blusa... pq estava congelando.
Mas curti cada momento na neve. Mesmo sendo muito frio. Só nao fiz boneco de neve e nem anjinho... tenho que comprar roupas apropriadas para isso... mas participei de guerra de bola de neve e descendo montanha...


video

Bem, no domingo o tempo fechou... ficou mais frio e nublado... mas fomos conhecer o Oceano Pacífico. E meu... é muito gelado a água. Mas foi bem divertido e pude rever a maioria dos meus amigos.
Na foto, Cristina, noiva dele, eu, Paulina, Karin e Akagi.

E tenho que agradecer o Akagi por me levar em um café con piernas. Muito bom. Experiencia única. Lembra um pouco maid café.

Bem, de resto das minhas férias, ontem passeie com Zenaku por Santiago e vi os estragos que o terremoto fez. Destruiu muita coisa. Em Valparíso já tinha visto parte dos estragos.
Mas as cidades estao se recuperando.














Bem... depois encontramos a Pame... e claro... colocamos o papo em dia. Fazia 4 anos que nao via a maioria deste pessoal.
Bem... em si... aproveitando as férias... breve mais novidades.